Posts in Relacionamento

Mesmo depois de todo esse tempo


Incrível como a gente sempre idealiza o grande amor da vida. Incrível como eu sempre tive certeza de que éramos feitos um para o outro e de que nada poderia abalar a nossa relação. Sempre estive muito certo disso e nunca me passou pela cabeça, na verdade passou, mas de maneira irrelevante, que um dia não seria mais você e eu, eu e você.
Já se passaram alguns meses desde que você me disse “adeus” e, por maior que seja a minha raiva, não consigo te odiar por completo, porque parte de mim ainda te ama, ou acha que te ama. Fiz terapia, fiquei com outras pessoas, conheci novos lugares, escutei novas canções e adquiri novos hábitos, tudo na tentativa de “superar” você. Por um tempo acreditei ter superado. Porém, toda vez que lhe vejo, sinto calafrios, um aperto enorme no coração, uma sensação de vazio e o pior, uma angustia acompanhada de tristeza. É um misto de sensações que nunca tive por alguém e que nunca pensei que pudesse ter um dia.
Te vejo feliz, sorrindo, às vezes esnobando, beijando outras pessoas, seguindo a vida e isso me machuca mais ainda, porque o egoísmo bate na porta e logo vem um pensamento de “por que ele não está sofrendo também? Por que só eu sinto essa dor até hoje?”
Talvez porque eu tenha te amado tanto e de uma maneira errada, te colocando acima de qualquer coisa – acima de mim, mas me parecia tão certo fazê-lo, seu sorriso me alegrava, seu abraço era um conforto, seu simples “bom dia amor” fazia com que meu dia fosse melhor, te tocar me aguçava todos os sentidos e um turbilhão de pensamentos, te ter ao meu lado era como ser um super-herói e ter a cidade ao meu redor, me adorando, me amando.
Sempre ouço e leio as pessoas falarem sobre superação, mas não acho que eu vá lhe superar. Porque não tenho o que superar. Apenas aceito o fato de que não fomos feitos um para o outro e que, apesar disso, você vai continuar sendo o amor da minha vida. 
Espero conseguir seguir com a minha vida, dar espaço para uma nova pessoa, aceitar um novo amor, que desperte em mim o que você despertou. E que desta vez eu faça diferente, não amando menos, mas amando da maneira certa e me amando em primeiro lugar. Afastar as pessoas de mim tem se tornado um hábito, evitar segundos encontros já é rotina, escuto uma palavra carinhosa e já fico com medo de todo o processo, porém estou em tratamento, físico e emocional. Não sei se quero ou consigo ter um segundo grande amor, minha cicatrização ainda não terminou, então tudo dói, gradativamente mais leve, porém dói.
Creio que futuramente estarei lembrando disso com um sorriso no rosto e pensando “não achei que fosse passar, mas passou”!

Quando você se foi

São três da manhã,
todos se foram deitar.
A solidão me faz companhia.
Me sinto tão sozinho.
As lágrimas continuam a cair sobre o travesseiro desde que você se foi.
O ponteiro indica que as horas estão passando,
mas o tempo já não importa mais.
Meus pensamentos não fazem sentido,
só você me vem à mente.
Como é possível o coração
sempre escolher o caminho mais difícil?
Como é possível imaginar uma fantasia
e não poder vivê-la?
Você me roubou a paz,
minha insanidade
e me deixou viciado em seu amor.
Levou consigo toda a esperança,
arrancando de mim como arame farpado.
E agora, o sangue escorre pelo meu corpo,
levando embora, tudo que você foi para mim.

A tal da amizade liberal

É bem provável que o nome te faça lembrar da tão conhecida amizade colorida. Mas não, não são a mesma coisa. A famosa amizade colorida é, nada menos que, um namoro que não se assume. Já a amizade liberal, é quando dois amigos tem o desejo de manter relações sexuais e conseguem dar espaço a esse desejo sem a obrigação de envolvimento amoroso e sem drama.

Não pense que você tem uma caixinha de primeiros socorros à disposição. É algo mais casual. Mas, em compensação, é algo mais seguro e melhor do que transar com qualquer um por aí. É nessas horas que a intimidade age. Mesmo dando vasão para aproveitar e saciar o desejo, não pensam em manter um relacionamento.

Há quem diga que não gosta deste tipo de amizade, mas ela tem lá suas vantagens. Não é preciso dizer ao outro que ama e ficar despreocupado com a vergonha de realizar algum desejo na cama. Afinal, a intimidade é o que rege a situação.

Sexo sem compromisso, por assim dizer, é a premissa dessa relação em que não acontece o envolvimento efetivo amoroso ou, pelo menos, se espera que não. Talvez seja uma saída para aqueles que não querem se envolver exclusivamente com alguém, mas não dispensa um sexo casual.

Contraindicação? Pode acarretar na brecha de um sentimento no momento em que você estiver em busca por uma paixão verdadeira.

6 dicas para manter relacionamentos à distância

Por diversas vezes, vi pessoas se interessarem por outras que vivem longe. Porém, tinham medo de se envolver devido à distância que os separavam. Confesso também, que já estive nesta situação. Nos dias de hoje, nem sempre é fácil manter um relacionamento quando se está próximo, imagine a quilômetros de distância. Para manter a relação forte, tempo e esforço deve ser investido. É preciso força, porque você não está lá com seu parceiro para passarem o tempo juntos.

Se você está em um relacionamento como este ou pensa nesta possibilidade, as dicas abaixo podem lhe ser uteis.

1) Aplicativos

Existem tantos aplicativos para escolher hoje em dia e você pode escolher um para se manter em contacto com o seu amor de longa distância. Uma vez que você e seu parceiro decidiram sobre os aplicativos que você desejam usar, reservem um tempo a cada semana ou dia em que vocês vão se comunicar.

2) Programem-se para visitas 

Interação face a face é importante em um relacionamento a distância e é por isso que vocês devem providenciar para que façam o maior número de visitas românticos quando possível, para que assim, possam se unir e construir um laço afetivo maior. Quando estiverem juntos, falem sobre as coisas que estão acontecendo em suas vidas e todos os objetivos futuros, para que se mantenham como um casal.

3) Escrevam cartas

Se tratando de relacionamento, cartas são mais significativas do que e-mails. Porque uma carta escrita à mão, é mais pessoal e você está tomando mais tempo para escrever como você se sente sobre o seu parceiro. Quando você terminar a carta, pulverize um pouco do seu perfume favorito nele e envio mimos juntamente com ela.

4) Se falem por ligações frequentemente

Escrever cartas é lindo e romântico, enviar mensagens de texto é algo “OK”. Mas se você está em um relacionamento à distância, vocês devem conversar um com o outro todos os dias, porque reforça a relação o a torna mais interessante. Durante a conversa por telefone, vocês podem assistir a um determinado programa de TV, comentar sobre alguma ideia, navegar em sites e fazer planos

5) Confiança é importante

Nenhuma das etapas acima mencionadas, irão funcionar se não confiarem um no outro. Perceba que você e seu parceiro irão enfrentar várias tentações e outros desafios e, sem uma inabalável confiança profunda, o relacionamento não vai sobreviver à longa distância. Ambos precisam ter a maturidade de um relacionamento estável e integridade também é uma obrigação.

6) Discutam o rumo da relação

Se vocês estão se falando por telefone ou vendo um ao outro pessoalmente, precisam saber se o relacionamento está indo bem e falar sobre o futuro. Não precisa pressionar, apenas deixe fluir naturalmente com o tempo e colham os frutos do esforço para se manterem juntos.

Em conclusão, com estes passos, você será capaz de manter um relacionamento saudável longa distância. Se você conhece alguma história de relacionamento à distância, deixe aí nos comentários!


Tudo o que importa é amar

Imagine um mundo sem amor. Agora imagine que um Hitler da vida, queira exterminar todas as pessoas que amam e as diversas formas de amor. Parece impossível imaginar a morte do amor. Mas, talvez, ele esteja morrendo e nem estamos nos dando conta.
Hoje, no dia dos namorados, é possível perceber que algumas pessoas estão mais preocupadas em dar o presente mais caro, e ou, talvez, não saibam nem o que dar para seu companheiro (a). Essas duas hipóteses, se dão, acredito eu, devido a perda do romantismo. Sem generalizar, claro. Mas, como já diz o ditado: “são nos pequenos detalhes que estão as grandes diferenças”.
Com o passar dos anos, os seres humanos foram perdendo a sensibilidade de agradar ao outro.  Acreditando que, o mais caro seja o melhor, ou, é preciso fazer algo grandioso para realmente surpreender. Enganos e equívocos.
Não podemos deixar de lado também, as pessoas que sempre querem o mais caro e esperam que seu parceiro (a), compre presentes exorbitantes. Mais um erro.
Já imaginou se não existissem mil lojas, nas quais você vai frequentemente, em busca de algo para agradar quem você ama? Suponha que elas não existam? O que você faria exatamente agora sem poder recorrer à essas saídas? Se não tivesse dinheiro? Possivelmente 1) você entraria em colapso e desespero, sem saber o que fazer, ou 2) faria algo com as próprias “mãos”, de todo coração.
Pare de se preocupar com o valor material das coisas. Lembre-se: tudo que importa é amar. Não deixe que este sentimento tão nobre simplesmente acabe. Comece a agradar quem você ama com os pequenos detalhes.

Como eu amo vocês, deixo um presente para este dia tão lindo. Wallpapers para smartphones e desktop.
    

     
Se você não namora, acesse esse post, lhe será útil: 10 dicas para ser um solteiro feliz 
Deixe seu comentário ♥

Só quem ama sente

Certa vez uma amiga estava sendo julgada por voltar com o ex. Não julguei. Lembrei de quando me apaixonei perdidamente por um garoto. E, assim como eu, ela certamente tinha seus motivos.
Quando você ama alguém, independente da situação, ninguém conseguirá compreender como é possível gostar tanto de alguém. Nem mesmo quando você ama, será capaz de entender o amor de outra pessoa. Este sentimento, que parece ser universal, é único e exclusivo de cada ser. O amor surge em nós de maneira sútil, tão naturalmente como o nascer do dia, fica e te preenche de luz. E, a cada manhã, se renova. Trazendo consigo a esperança de bons acontecimentos. Só quem ama sente. O amor é um sentimento misterioso. Desde que me entendo por gente, vi as mais diversas formas de amor. Há quem sofra por amar, há quem é feliz por amar, e há aqueles que amam sem amar. O amor é difícil, assustador, avassalador e só os fortes o vencem. Nunca julgue uma pessoa por amar alguém. Um dia o jogo pode virar e você estar no lugar de só quem ama sente.
Independente de quem você ama, ame sem medo de sofrer ou ser feliz. No final das contas, o único beneficiado por amar será você.  Seus sentimentos, suas escolhas, suas responsabilidades.

E você, já foi julgado (a) por amar alguém ?

5 coisas para levar do último relacionamento

É muito comum culparmos nosso (a) ex de ter nos deixado lembranças e sentimentos ruins em nossa vida. Encerrar um relacionamento é mais do que terminar, é fechar um ciclo de aprendizados. E se pararmos pra pensar, é possível levar consigo, coisas boas de um relacionamento passado. Eis aqui cinco coisas proveitosas que o ex pode lhe deixar:

1 – Quando se está numa relação, é inevitável o compartilhamento de bagagem um com o outro. Entre muitas coisas estão bandas, livros, lugares e comidas.  As músicas que ouviam juntos, não deixe-as de lado apesar do termino, música boa não deve ser descartada da playlist. Os livros lidos e divididos, as comidas saboreadas e os lugares descobertos. Não abra mão de aproveitar tudo isto outra vez e ou dividir com outras pessoas.

2 – Amizade é amizade, não importa como surgiu! E se alguma amizade surgiu com o início do namoro, não a jogue fora. Continue mantendo contato com as pessoas que conheceu através do seu ex. Amigos nunca são demais, e se eles continuam estimando sua amizade, é porque valem a pena manter por perto.

3 – Sexo é um dos maiores prazeres da vida – isso ninguém nega. Assim como no primeiro item, sua bagagem de conhecimentos sexuais também aumenta. Assim como em atividades físicas ou esportes, a prática te leva a um nível maior de perfeição e aprendizados devem ser levados por toda a vida. Em qualquer relação aprendemos novas maneiras de sentir prazer e devem ser levados em conta. Ter prática na cama é sempre útil!

4 – Brigas e discussões nos ensinam algo, até mesmo que não vale a pena brigar. Relacionamentos passados nos deixam lições de como se portar da próxima vez. Ao olhar para trás, vemos quais as causas das brigas, as provocações e como faziam para apaziguar a situação. É possível que assim suas próximas relações sejam mais tranquilas.
5 – Autoconhecimento. Assim como todos os outros momentos e acontecimentos da vida, os relacionamentos nos fazem aprender coisas que jamais tomaríamos conhecimento. Quando nos envolvemos com alguém, criamos coragem para fazer algo que possivelmente não faríamos, encaramos medos e desafios. Ao encarar estas aventuras, descobrimos o melhor e pior de nós mesmos. Todo termino deixa como lição fundamental que devemos nos conhecer de verdade, só para assim, sabermos quem somos, o que queremos e o que faz falta.
Nunca leve consigo sentimentos ruins dos seus relacionamentos. Veja o que eles podem te deixar de valioso!
E você, já tirou algo proveitoso dos seus relacionamentos antigos? Comente aí 😉

10 dicas para ser um solteiro feliz

“Você namora?”. É uma das frases que mais ouço normalmente. Aí paro e penso que, assim como namorar, ser solteiro tem suas vantagens e também é possível ser feliz. Ser solteiro é mais do que não ter alguém, é um estado de espirito. Você precisa se sentir bem consigo mesmo.
Algumas pessoas quando começam a namorar, deixam de lado boa parte das coisas que estão habituadas a fazer, para se dedicar ao outro. Segundo o dicionário informal, namorar é acariciar, beijar, abraçar, dar festinhas, é ajudar, sonhar, amar, respeitar, fazer tudo de bom e agradável para ambos. Não é mudar sua vida pelo outro, é preciso jogo de cintura. E aí, quando o namoro termina, essa pessoa que deixou sua vida para viver a do outro se sente perdida e sem rumo na vida. Mas nada de baixar a cabeça! Hoje trouxe para você solteiro, ou que tem um amigo perdido por aí, 10 dicas para aproveitar este momento consigo mesmo. Confere aí!
1 – Saía de casa
Monte uma playlist, prepare um delicioso lanche e vá para algum lugar na sua cidade. Parque, praça, mirante, não importa. Saía sozinho e coloque as ideias no lugar, nada melhor do que pensar ao ar livre. Comece a entrar em harmonia interior.
2 – Leia!
Uma das melhores maneiras de relaxar é ler. É sempre bom ler algo novo. Livros te fazem viajar sem sair do lugar.
3 – Cometa loucuras
Cometa loucuras e desbrave o mundo. Saía ao máximo e faça pequenas loucuras, mas loucuras boas em!
4 – Escreva
Pegue seu caderno ou notebook e coloque tudo pra fora. Escreva sobre o que sente, sobre o mundo e suas opiniões. Mesmo que não faça sentido ou vá publicar, escrever é uma das melhores maneiras de organizar seus pensamentos.
5 – Vá ao parque de diversões o/
Uma das melhores formas de extravasar é ir ao parque de diversões, principalmente se você estiver “deprê”. Então não perca tempo e vá se divertir. Isso melhora e muito a sua auto-estima.
6 – ¡Vamos a la playa!
Se sua cidade tem praia, se joga! Dê mil mergulhos, vá até o mais profundo e deixe a mente esvair. Chame seus amigos e marque um dia ou uma noite na praia. E se não tiver praia, vale piscina ou cachoeira.
7 – Ir para Balada
Já tive meu momento baladeiro, boate a noite toda e perder a insanidade. Liberte-se e dance, como diz a Kesha “Everybody take it off”!  Nada de passar o final de semana em casa chorando.
8 – Viaje!
nas férias, fins de semanas, feriados… Esses dias são perfeitos para viajar. Reencontrar os amigos, rever familiares, etc. Faça uma viajem, curta esse tempo livre e seja feliz.
9 – Não tenha medo
Livre-se dos medos. Desbrave sua coragem e faça o tem medo. Que tal deixar sua auto-estima lá em cima, superando o medo que te assombra faz tempo?
10 – Simplesmente acontece.
O importante é ser feliz. Você pode ser feliz sozinho. Encontrar alguém é questão de tempo. Apaixone-se quando estiver pronto e não carente. Assim como o namoro, ser solteiro é maravilhoso. Aproveite o que a vida lhe dá de melhor e apaixone-se por você!

Beijos e até a próxima!