Crônicas

Ciclo de um novo ano

Sonhos, desejos, vontades, anseios, medos e aquele turbilhão de sentimentos que mais parecem borboletas na barriga. O relógio já aponta que faltam poucos segundos para meia-noite e mais um ano já está à espera para começar.  Os fogos refletem nos olhos a esperança um recomeço de uma vida que segue dia pós dia sem parar. Depois da virada a vida continua. Preces, pedidos, oferendas, pular setes ondas, superstições e crenças em busca de boas energias. Longas listas de metas são feitas, mas aos poucos são deixadas de lado. Ano pós ano a vida vai sendo tecida vagarosamente com pequenos pedaços do passado. Cada dia é uma nova oportunidade de fazer o seu melhor.  Cada ciclo de 365 ou 366 é parte de uma grande missão na terra.

About author

Articles

Relaçoes-Públicas, redator, blogueirx, ativista negro e LGBT+.
Related posts
CrônicasNegritude

A caixa preta e beleza negra

Eu sempre fui um amante de fotografia e, desde muito novo, me lembro de posar para as fotos de…
Read more
CrônicasGayLGBTQIANegritude

Quando a tecnologia se fez minha inimiga

Lá estava ela ao meu lado. Uma pequena caixa que envia e recebe milhões de informações. Não sei…
Read more
CrônicasDestaqueEmpoderamentoGayNegritude

A solidão da bicha preta

Olá querido (a) leitor (a). Sou eu, Devonne, de volta com mais um texto que reflete um pouco sobre…
Read more
Newsletter
Become a Trendsetter
Sign up for Davenport’s Daily Digest and get the best of Davenport, tailored for you.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.