Contos

Lembranças (de você)

Já passava das duas da madrugada de uma noite escura e meus pensamentos não me deixavam dormir. A brisa entrava pela janela. Tudo começou a girar e mais uma vez, lembranças que me levaram até você. Lembranças do que já vivemos.

Lembrei dos nossos momentos juntos. Bateu saudades das noites de amor, do teu calor, das manhãs que despertava ao meu lado, dos teus carinhos, do teu beijo incessante. Me faz falta o jeito como segurava minhas mãos, a sua atenção.

O assobiar da brisa trouxe lembrança das músicas que cantava para mim ao violão. O seu sorriso era o mais bonito em um milhão. Aqueles dias foram bons, mas nada é como antes. Tenho que continuar.

Mesmo distante, ainda existe um grande sentimento em mim. Sem me dar conta, lágrimas começaram a rolar pelo meu rosto.  O silêncio rompeu meus pensamentos.

Me dei conta que todas lembranças fazem parte de um tempo que não vai mais voltar, que já não fazem mais sentido. Você sempre será aquele que fará meu coração bater mais forte e me fará perder os sentidos.

Vai passar, eu sei que passa, tudo passa.

About author

Articles

Relaçoes-Públicas, redator, blogueirx, ativista negro e LGBT+.
Related posts
ContosGay

Sexo, Lana e cigarros

ler ouvindo: Lana Del Rey – Music To Watch Boys To Era uma tarde de domingo e um calor…
Read more
Contos

Posso te beijar?

Leia ouvindoSummertime Sadness – Lana Del Rey O relógio marcava quase oito horas e eu…
Read more
Contos

Carta para um estranho

Querido (estranho) amigo, Eu não sei quem você é, muito menos aonde está. E a vantagem disto é…
Read more
Newsletter
Become a Trendsetter
Sign up for Davenport’s Daily Digest and get the best of Davenport, tailored for you.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.