Comportamento

11 de outubro: Dia de sair do armário

Durante muito tempo, os membros da comunidade LGBTQ tiveram que se esconder com medo de seus meios de subsistência e de suas vidas.

O medo constante de ser rejeitado por amigos e entes queridos, bem como pela comunidade da qual eles fazem parte, levou muitos deles a permanecerem no proverbial armário.

Isso significa viver uma meia-vida, na melhor das hipóteses, e esconder quem você é daqueles que devem estar mais próximos e mais queridos.

O “Coming Out Day”, em tradução livre “O dia de sair do armário”, desafia esse padrão antigo e encoraja as pessoas LGBTQ de todos os lugares a se orgulharem e reivindicar quem são e, assim, recuperar suas vidas e seu senso de orgulho.

História do Dia de sair do armário

Tudo começou, bom… vamos ser honestos, tudo começou praticamente no início dos tempos.

Em todo o mundo, pessoas e culturas de todo os cantos tiveram pessoas LGBTQ em seu meio, e em muitas delas foram abertamente aceitas e adotadas como pessoas naturais ou mesmo sagradas em suas culturas.

Nos últimos duzentos anos, a maioria das principais culturas do mundo começou a torná-las vilãs, piorando a cada ano que passava.

dia de saindo-do-armario

Mas nas últimas décadas, tudo o que começou a mudar, membros corajosos da comunidade LGBTQ lutaram e trabalharam para ajudar a conquistar seu lugar de direito no mundo, para ser aceito como uma pessoa, em vez de algum tipo de monstro ou pervertido perigoso.

Realmente, a batalha que eles travam é por algo muito mais simples, a capacidade de ter uma vida normal e segura, desfrutando da mesma liberdade que seus vizinhos mais socialmente aceitos.

O Coming Out Day foi criado por Rob Eichberg e Jean O’Leary como resultado da marcha de 500.000 pessoas em Washington DC para os direitos de lésbicas, gays, bixessuais, transgêneros.

A experiência foi suficiente para vitalizá-los e levá-los a estabelecer este feriado, que incentiva todas as pessoas LGBTQ e seus aliados a se orgulharem de quem são e a lutar por um amanhã mais igual.

Como comemorar o dia de sair do armário

Em todo o mundo, são realizadas celebrações de pessoas LGBTQ em todos os lugares que saem do armário e proclamam alto e orgulhosamente quem são e permanecendo lado a lado com seus aliados para um amanhã mais igual e acolhedor.

Você pode se envolver juntando-se a eles ou fazendo voluntariado com grupos e organizações locais que trabalham para aumentar a conscientização e apoiar os desafios enfrentados pelas pessoas LGBTQ em um mundo ainda lutando para aceitá-las.

About author

Articles

Relaçoes-Públicas, redator, blogueirx, ativista negro e LGBT+.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.