AYO: coletivo afro de Belo Horizonte retorna com showcase

ayo

Os coletivos continuam a ganhar espaço na cena artística e cultural. É nesse movimento que surge o Coletivo AYO.

A AYO! é um estalo do movimento negro formado por artistas de Belo Horizonte, que iniciou sua atuação em 2018, buscando colocar a representatividade negra e periférica na linha de frente da cena eletrônica da cidade.

Os coletivos negros são formados a partir da ideias semelhantes de ativistas, e representam uma forma muito eficaz de diálogo com a população.

Agindo muitas vezes de forma autônoma, coletivos como o AYO promovem ações diversas, desde eventos até criações de plataformas específicas, sempre com o objetivo de evidenciar a cultura negra, o racismo no Brasil e as estratégias para diminuir a marginalização do negro, além de redescobrir as raízes deste grupo tão rico em história.

Com pé na porta e sangue no olho a AYO faz seu retorno com força total, o line mais bonito que belorihell já viu e trazendo novidades!

O coletivo recebe duas estreias pra somar com força e com talento numa noite memorável com a mais nova residente: Bonina e o tão esperado debut da Larysss!

AYO! s h o w c a s e – 09/11

Aquecimento: 

19h no Front BarAv. Contorno, 2028

Paredão das girls: Escarrbe, Bonina e larysss aquecendo os motores desse black megazord.

Entrada: Só chegar!

Showcase:

22h no Deputamadre – Av. Contorno, 2028

Entrada:

Off até meia-noite e após R$15,00

Aniversariantes – apresentar documento para cortesia das escorpianxs
TRANS FREE

▶ LINE-UP

BONINA (Gabriela Utsch)
LARYSSS (Laryssa Braga)
ESCARRBE (Lu Escarbe)
O PALA (Diogo Henrix)
MAPÙCHE (Leonardo Mapùche)

Evento no Facebook

ayo

O que é AYO?

Do escuro nasce a dança, do preto a resistência. Nossas ancestralidades nos levam aos rituais que trabalham o corpo e libertam a mente.

Do yorubá da Nigéria, AYO significa ALEGRIA!
Nascido do rito, do verbo ao qual nos inserimos resistentes: festejar.

 

Article Tags:
· ·
Article Categories:
Belo Horizonte · Cultura · Negritude

Relaçoes-Públicas, redator, blogueirx, ativista negro e LGBT+.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.