Posts in Listas

5 clipes sobre cultura queer

A Teoria Queer surgiu nos Estados Unidos na década de 90 do século XX com intuito de questionar, problematizar, transformar, radicalizar e ativar uma minoria excluída da sociedade centralizadora e heteronormativa.

Portanto, representa as minorias sexuais em sua diversidade e multiplicidade, levando em consideração todos os tipos e concepções de sexualidade e identidade de gênero.

É importante destacar, que a palavra queer, utilizada pelos teóricos, não tem uma tradução exata para a Língua Portuguesa. Portanto, a expressão queer é traduzida como estranho, talvez ridículo, raro, excêntrico, extraordinário. Retratando assim, uma situação de dúvida, questionamento, novidade, rebeldia e diversidade. 

Dessa forma, a teoria queer vem representar tudo que envolve as minorias sexuais em suas especificidades e pluralidades e colocar em prática uma cultura múltipla e especifica de grupos como os gays, as lésbicas, os bissexuais, os travestis, os transexuais, as drags.

Vale ressaltar, que é a cultura de uma minoria, porém maioria em riqueza e diversidade que almeja voz, lugar, inclusão, nessa sociedade heteronormativa e centralizadora através de distorção, transgressão, estranheza e ruptura.

Fiquem com 5 clipes sobre cultura queer e arrasem!

6 dicas para manter relacionamentos à distância

Por diversas vezes, vi pessoas se interessarem por outras que vivem longe. Porém, tinham medo de se envolver devido à distância que os separavam. Confesso também, que já estive nesta situação. Nos dias de hoje, nem sempre é fácil manter um relacionamento quando se está próximo, imagine a quilômetros de distância. Para manter a relação forte, tempo e esforço deve ser investido. É preciso força, porque você não está lá com seu parceiro para passarem o tempo juntos.

Se você está em um relacionamento como este ou pensa nesta possibilidade, as dicas abaixo podem lhe ser uteis.

1) Aplicativos

Existem tantos aplicativos para escolher hoje em dia e você pode escolher um para se manter em contacto com o seu amor de longa distância. Uma vez que você e seu parceiro decidiram sobre os aplicativos que você desejam usar, reservem um tempo a cada semana ou dia em que vocês vão se comunicar.

2) Programem-se para visitas 

Interação face a face é importante em um relacionamento a distância e é por isso que vocês devem providenciar para que façam o maior número de visitas românticos quando possível, para que assim, possam se unir e construir um laço afetivo maior. Quando estiverem juntos, falem sobre as coisas que estão acontecendo em suas vidas e todos os objetivos futuros, para que se mantenham como um casal.

3) Escrevam cartas

Se tratando de relacionamento, cartas são mais significativas do que e-mails. Porque uma carta escrita à mão, é mais pessoal e você está tomando mais tempo para escrever como você se sente sobre o seu parceiro. Quando você terminar a carta, pulverize um pouco do seu perfume favorito nele e envio mimos juntamente com ela.

4) Se falem por ligações frequentemente

Escrever cartas é lindo e romântico, enviar mensagens de texto é algo “OK”. Mas se você está em um relacionamento à distância, vocês devem conversar um com o outro todos os dias, porque reforça a relação o a torna mais interessante. Durante a conversa por telefone, vocês podem assistir a um determinado programa de TV, comentar sobre alguma ideia, navegar em sites e fazer planos

5) Confiança é importante

Nenhuma das etapas acima mencionadas, irão funcionar se não confiarem um no outro. Perceba que você e seu parceiro irão enfrentar várias tentações e outros desafios e, sem uma inabalável confiança profunda, o relacionamento não vai sobreviver à longa distância. Ambos precisam ter a maturidade de um relacionamento estável e integridade também é uma obrigação.

6) Discutam o rumo da relação

Se vocês estão se falando por telefone ou vendo um ao outro pessoalmente, precisam saber se o relacionamento está indo bem e falar sobre o futuro. Não precisa pressionar, apenas deixe fluir naturalmente com o tempo e colham os frutos do esforço para se manterem juntos.

Em conclusão, com estes passos, você será capaz de manter um relacionamento saudável longa distância. Se você conhece alguma história de relacionamento à distância, deixe aí nos comentários!


6 filmes motivacionais que você precisa assistir

Eu amo filmes que, além de me entreter e divertir, tenham alguma mensagem mais profunda, que me ajude e faça refletir. Além disso, boas histórias vendem, boas histórias são persuasivas, boas histórias inspiram. São histórias de perdas, dificuldades e superação que podem inspirar, emocionar e motivar qualquer um.

E como nunca é demais assistir algo que inspire a reflexão e nos coloque para cima, confira a lista de filmes motivacionais que vão fazer você sair do sofá e ir à luta por algo.


A teoria de tudo

O filme é baseado na biografia do cientista Stephen Hawking, grande físico britânico e enfoca a relação de Hawking, portador de esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo, descoberta aos 21 anos, com sua primeira esposa, Jane Wide. Stephen superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da persistência de sua mulher em auxiliar o cientista no que fosse necessário.

Comer, amar e rezar

Comer, rezar, amar fala sobre se redescobrir, aprender a estar em equilíbrio com si mesmo e amar a vida de todos os modos que ela lhe é apresentada. Triste, engraçado, belo, sensível e real, este é um filme recomendadíssimo que faz você pensar sobre muitas coisas em sua vida, levando a história de Liz como exemplo.

Cisne negro

O filme narra as desventuras da bailarina Nina Sayers em sua obcecada trajetória até o papel principal na montagem de Lago dos Cisnes, na companhia onde é dançarina. Perfeccionista, ela deve enfrentar a sua maior inimiga: ela mesma e o seu lado obscuro dentro de si. Cisne negro é uma lição de vida, pois trata da dedicação obcecada e os extremos infelizes que tal conduta pode levar.

A procura da felicidade

O filme conta a história de Chris Gardner, que depois de empreender em um negócio sem futuro e investir todo seu dinheiro, acumulou muitas dividas e foi abandonado por sua esposa. Precisou cuidar sozinho de seu filho, foi despejado várias vezes, preso por não pagar multas de trânsito e dormiu por alguns meses em praças, banheiros públicos e abrigos para moradores de rua.

Um Sonho Possível

O filme conta a história real de Michael Oher, mais conhecido como Big Mike, um jovem sem-teto negro vindo de um lar destruído, que é acolhido por uma família branca de classe alta, que acredita em seu potencial. Com a ajuda do treinador de futebol americano de sua escola e de sua nova família, Oher terá de superar diversos desafios à sua frente, o que também mudará a vida de todos a sua volta.

Desafiando gigantes

Nunca Desista, nunca volte atrás, nunca perca a fé. Nos seus seis anos como técnico de futebol americano de uma escola, Grant Taylor nunca conseguiu levar seu time Shiloh Eagles a uma temporada vitoriosa. E ao ter que enfrentar crises profissionais e pessoais aparentemente insuperáveis, a ideia de desistir nunca lhe pareceu tão atraente. É apenas depois que um visitante inesperado o desafia a acreditar no poder da fé que ele descobre a força da perseverança para vencer.

O que motiva você ? Deixe aí nos comentários!

6 passos para conquistar o amor próprio

Ninguém pode preencher seu coração sem antes você fazer isto com seu autoamor. Um laço afetivo não deve preencher deficiências e carências.
Para a construção do autoamor, precisamos ciar um novo olhar sobre nós mesmos e desenvolvermos sentimos elevados que nos conduza a plenitude. Apesar dos medos e limitações, precisamos acreditar que merecemos o melhor.
Algumas considerações listadas abaixo são importantes para conquistar esse amor próprio, confira.
  1. Autoconhecimento: Faça uma análise sobre seus pensamentos e atitudes, assim verá pontos que precisam ser modificados. É preciso conhecer suas fragilidades, limitações, pensamentos e sentimentos mais íntimos, para que assim, saiba quem você realmente é.
  2. Responsabilidade: Você é o único responsável pelos seus sentimentos. Não importa quem você culpa, assumir suas responsabilidades, o faz sair do papel de vítima e assumir o controle de sua própria vida.
  3. Pensamentos: Tudo se inicia nos pensamentos. Quando se cultiva pensamentos construtivos e saudáveis, se trilha um caminho mais seguro a trilhar. Substitua pensamentos negativos por outros mais positivos.
  4. Consciência: Tenha consciência dos seus sentimentos. É preciso ter atenção naquilo que se sente, nomear estes sentimentos e não evita-los. O mais importante é saber o que fazer com seus sentimentos. Não se pode escolher o que você sente, mas pode escolher o que fazer com eles.
  5. Aceitação: aceite suas imperfeições. Culpar-se e criticar-se não te ajudará em nada. Quando se aceita que errou, é possível ter uma relação pacifica consigo mesmo. Auto aceitação é a liberdade de ser, de pensar e de agir. Com isso, você controla melhor sua vida e se livra da dependência da consideração e aprovação alheia.
  6. Ame-se: De nada valerá ter tudo na vida, se você não cultivar o autoamor. Quando não se alimenta sua própria dignidade, permite-se que outros fale, decidam e viva por você!
Ao praticar o autoamor, você estará feliz por amar a si mesmo. Se não souber se amar, qualquer pessoa que entrar em sua vida servirá. Aprenda a se amar e ser autossuficiente.
E você, já praticou o autoamor hoje?

6 filmes brasileiros com temática LGBT que todo mundo deveria assistir

Hoje, como o próprio título diz, trouxe uma listinha com 6 filmes brasileiros com temática  LGBT que T-O-D-O-S (héteros, héteras, negro, branco, índio, alto, baixo, gordo, magro, inclusive os gays – assumidos e não assumidos.).
A questão do ser gay, teve por muito tempo repressão da sociedade – de um modo geral. Um bom é exemplo de discriminação (e ignorância) é a exterminação e da violência física  contra  de travestis e homossexuais que ocorreu com o surgimento da AIDS. Nos anos oitenta, com o advento da veiculação da AIDS como uma doença de “gays”, verificou-se o recrudescimento da hoje chamada homofobia. Imagine você, viver em uma época em que ser gay era sinônimo de portar uma doença, sair na rua com risco de sofrer agressão e até ser morto. Agradeça a todos que lutaram (e lutam) pela nossa causa. Graças a eles temos ganho espaço na sociedade, podendo ser GAYS DEMAIS DA CONTA.
Além aumento dos prós-LGBT, houve nos últimos anos um bum na produção de roteiros para filmes com a temática LGBT, inclusive no Brasil. Filmes estes que retratam o mundo gay, mesmo nem sempre da melhor maneira (como dizem o que vale é a intenção). Então aí vai a lista dos seis longas brasileiros que você deve assistir!
Praia do Futurotrailer
Praia do Futuro, Ceará. Donato (Wagner Moura) trabalha como salva-vidas. Seu irmão caçula, Ayrton (Jesuita Barbosa), tem grande admiração por ele, devido à coragem demonstrada ao se atirar no mar para resgatar desconhecidos. Um deles é Konrad (Clemens Schick), um alemão de olhos azuis que muda por completo a vida de Donato após ser salvo por ele. É quando Ayrton, querendo reencontrar o irmão, parte em sua busca na fria Berlim.
Paraísos artificiais – trailer 
Erika (Nathalia Dill) é uma DJ de relativo sucesso e muito amiga de Lara (Lívia de Bueno). Juntas, durante um festival onde Erika trabalhava, elas conheceram Nando (Luca Bianchi) e, juntos, vivem um momento intenso. Entretanto, logo em seguida o trio se separa. Anos depois Erika e Nando se reencontram em Amsterdã, onde se apaixonam. Só que apenas Erika se lembra do verdadeiro motivo pelo qual eles se afastaram pouco após se conhecerem, anos antes. 
Amores possíveis trailer
Carlos (Murilo Benício) marca um encontro no cinema com Julia (Carolina Ferraz), sua colega de faculdade por quem estava apaixonado. Julia não aparece, deixando Carlos sozinho no hall do cinema. Durante a espera, acontece algo que irá mudar a vida dele para sempre. Quinze anos após este acontecimento três versões possíveis e distintas da vida de Carlos são apresentadas.
Do começo ao fim – trailer 
Julieta (Julia Lemmertz) tem dois filhos com uma diferença de seis anos de idade, Francisco (Lucas Cotrim) e Thomás (Gabriel Kaufmann), e com maridos diferentes: Pedro (Jean-Pierre Noher) e Alexandre (Fabio Assunção). Os dois irmãos se tornam grandes amigos desde pequenos e, quando adultos, transformam esta amizade em algo mais profundo e polêmico. (RC)
Do lado de fora – trailer 
Rodrigo (Mauricio Evanns) e Mauro (Luis Vaz) são dois adolescentes gays, que decidem ir pela primeira vez à Parada LGBT de São Paulo. Eles têm a companhia do tio Vicente (Marcello Airoldi), um executivo solteiro e também homossexual. Apesar de se divertirem no evento, eles presenciam uma cena de agressão homofóbica, e socorrem a vítima, Roger (Andre Bankoff), um homem casado cuja esposa está grávida. Quando os quatro se reúnem, eles decidem fazer um pacto para saírem do armário em menos de um ano.
Eu quero voltar sozinho – trailer 
Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade. Pra quem não sabe, antes de se tornar um longa, este filme foi um curta, confira aqui.
Você tem algum filme com temática LGBT favorito? Deixe nos comentários!

10 dicas para ser um solteiro feliz

“Você namora?”. É uma das frases que mais ouço normalmente. Aí paro e penso que, assim como namorar, ser solteiro tem suas vantagens e também é possível ser feliz. Ser solteiro é mais do que não ter alguém, é um estado de espirito. Você precisa se sentir bem consigo mesmo.
Algumas pessoas quando começam a namorar, deixam de lado boa parte das coisas que estão habituadas a fazer, para se dedicar ao outro. Segundo o dicionário informal, namorar é acariciar, beijar, abraçar, dar festinhas, é ajudar, sonhar, amar, respeitar, fazer tudo de bom e agradável para ambos. Não é mudar sua vida pelo outro, é preciso jogo de cintura. E aí, quando o namoro termina, essa pessoa que deixou sua vida para viver a do outro se sente perdida e sem rumo na vida. Mas nada de baixar a cabeça! Hoje trouxe para você solteiro, ou que tem um amigo perdido por aí, 10 dicas para aproveitar este momento consigo mesmo. Confere aí!
1 – Saía de casa
Monte uma playlist, prepare um delicioso lanche e vá para algum lugar na sua cidade. Parque, praça, mirante, não importa. Saía sozinho e coloque as ideias no lugar, nada melhor do que pensar ao ar livre. Comece a entrar em harmonia interior.
2 – Leia!
Uma das melhores maneiras de relaxar é ler. É sempre bom ler algo novo. Livros te fazem viajar sem sair do lugar.
3 – Cometa loucuras
Cometa loucuras e desbrave o mundo. Saía ao máximo e faça pequenas loucuras, mas loucuras boas em!
4 – Escreva
Pegue seu caderno ou notebook e coloque tudo pra fora. Escreva sobre o que sente, sobre o mundo e suas opiniões. Mesmo que não faça sentido ou vá publicar, escrever é uma das melhores maneiras de organizar seus pensamentos.
5 – Vá ao parque de diversões o/
Uma das melhores formas de extravasar é ir ao parque de diversões, principalmente se você estiver “deprê”. Então não perca tempo e vá se divertir. Isso melhora e muito a sua auto-estima.
6 – ¡Vamos a la playa!
Se sua cidade tem praia, se joga! Dê mil mergulhos, vá até o mais profundo e deixe a mente esvair. Chame seus amigos e marque um dia ou uma noite na praia. E se não tiver praia, vale piscina ou cachoeira.
7 – Ir para Balada
Já tive meu momento baladeiro, boate a noite toda e perder a insanidade. Liberte-se e dance, como diz a Kesha “Everybody take it off”!  Nada de passar o final de semana em casa chorando.
8 – Viaje!
nas férias, fins de semanas, feriados… Esses dias são perfeitos para viajar. Reencontrar os amigos, rever familiares, etc. Faça uma viajem, curta esse tempo livre e seja feliz.
9 – Não tenha medo
Livre-se dos medos. Desbrave sua coragem e faça o tem medo. Que tal deixar sua auto-estima lá em cima, superando o medo que te assombra faz tempo?
10 – Simplesmente acontece.
O importante é ser feliz. Você pode ser feliz sozinho. Encontrar alguém é questão de tempo. Apaixone-se quando estiver pronto e não carente. Assim como o namoro, ser solteiro é maravilhoso. Aproveite o que a vida lhe dá de melhor e apaixone-se por você!

Beijos e até a próxima!