Deezer reforça compromisso com artistas e podcasters negros do mundo todo com o lançamento do canal global “Black Culture”

Deezer reforça compromisso com artistas e podcasters negros do mundo todo com o lançamento do canal global “Black Culture”

O canal apresenta módulos que celebram músicas feitas por cantores negros, além de destacar podcasts sobre a cultura black e questões sociais

Devemos à cultura Black a origem ou influência em diversos ritmos musicais, e já passou da hora desse reconhecimento. Após o canal especial lançado no Brasil para celebrar o Dia da Consciência Negra em novembro do ano passado, agora a Deezer segue com o seu compromisso de apoiar artistas e criadores negros e lança globalmente o canal ” Black Culture “, disponibilizado na página inicial e fixo na guia ‘explorar’ em todo o mundo. O especial vem somar a outras iniciativas para reforçar a visibilidade de diversos talentos dessa cultura tão plural.

Começando pela música nacional: playlists repletas de hinos de artistas negros que nos inspiram e dão aquela força estão em destaque, como a brasileira “SobreVIVER” .

Atravessando fronteiras, o módulo “Catálogo Black” apresenta playlists 100% de artistas que movimentam o cenário internacional, como Beyoncé, Rihanna, Prince, Nina Simone, Kendrick Lamar, Drake, Bob Markey e outros.

Em “Artistas Pretos Icônicos” , nossos editores selecionaram várias playlists para celebrar faixas novas e lendárias de músicos negros que influenciaram gêneros e fizeram história na música. Hip-Hop está repleta de sucessos de nomes como Jay Z, Lil Wayne, Kanye West e Snoop Dogg; Pop tem hits de Michael Jackson, Mariah Carey, Rihanna, Whitney Houston; Rock tem muito Phil Lynott, Betty Davis, Prince, e vários outros gêneros também ganharam destaque por lá.

Podcasts brasileiros também ganharam mais visibilidade: AFETOS , por Gabi Oliveira e Karina Vieira, AmarElo – O filme invisível , que é um mergulho nas referências sonoras, visuais, sensoriais e espirituais do projeto AmarElo de Emicida e Fora da Caixa , podcast sobre vivência negra e identidades periféricas são alguns deles.

“Apoiamos o movimento BLM*. Ao longo da história, os músicos negros fizeram música que o mundo inteiro ama. Nos anos mais recentes, os criadores de podcasts pretos estiveram no topo das paradas. No entanto, nem todos os artistas e criadores negros estão recebendo a atenção e o respeito que merecem, e queremos mudar isso – nosso novo canal é o primeiro passo em uma longa jornada. Queremos garantir que haja um espaço permanente na Deezer onde possamos destacar o talento negro globalmente”, conta Junior Foster, editor global da Deezer para o canal “Black Culture” e chefe de relações globais com artistas.

Curtiu a iniciativa? Apoie então todos os seus artistas e criadores de conteúdo negros favoritos e descubra novas músicas e podcasts no canal “Black Culture” da Deezer.
*Black Lives Matter é um movimento ativista internacional, com origem na comunidade afro-americana, que luta contra a violência direcionada às pessoas negras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.