ComportamentoSão Paulo

Dezembro vermelho: Museu da Diversidade oferece programação gratuita com foco na conscientização e combate à Aids

Nos dias 04/12 e 05/12, o MDS exibe o Curta-metragem “DIA 1” e conta com sessões de bate-papo com membros da UNAIDS e autores de obras literárias que abordam o convívio com o HIV

O mês de dezembro é marcado pela luta contra a AIDS no mundo. O período foi escolhido em razão do Dia Mundial contra a Aids, que é celebrado no mundo inteiro em 1º de dezembro.

O objetivo da campanha é estimular o debate sobre a prevenção, tratamento e necessidade de acabar com a discriminação e desinformação. E para ampliar o debate sobre um assunto da tamanha importância, o Museu de Diversidade Sexual de São Paulo oferece uma programação gratuita com foco na conscientização e combate à Aids.

Na quarta-feira, 04/12, às 19h, o MDS exibe o Curta-metragem “DIA 1”. A produção aborda a história de Luan, autor do livro “Uma Vida Positiva”, que durante uma entrevista, recorda-se do ano de 2009, momento em que recebeu seu diagnóstico positivo para HIV.

O curta mostra as decisões importantes que levaram Luan a seguir em frente e conta com duração de 13 minutos.

Após a exibição, será realizada um bate-papo com Rafael Bolacha e Silvia Almeida, ambos representando a UNAIDS, programa das Nações Unidas que ajuda nações no combate à Aids, sobre a descoberta do diagnóstico e apresentação do projeto “Deu positivo, e agora?”.

Já na quinta-feira, 05/12, às 19h, o espaço conta com o bate-papo Vidas Positivas – Relatos na Literatura. A mesa de conversa conta com diversos autores que produziram obras sobre o tema para compartilhar informações de suas experiências.

A conversa será mediada pelo professor João Nemi Neto, da Universidade de Columbia, e conta com as presenças de Rafael Bolacha, autor do Livro “Uma Vida Positiva”, Thais Renovatto, autora do Livro “5 Anos Comigo”, Alan Leite e Filipe Trindade participantes do livro “Manual de SobrevHIVência” e integrantes da Sociedade Civil Anima e Ricardo Sobhie Diaz, Médico Infectologista.

Dezembro Vermelho – Museu da Diversidade

Curta-metragem “DIA 1” e bate-papo com com Rafael Bolacha e Silvia Almeida da UNAIDS

Local: Museu da Diversidade Sexual

Dia e horário: 04/12, quarta-feira, às 19h

Entrada Gratuita

Sinopse: Após o lançamento do livro “Uma Vida Positiva”, Luan, durante uma entrevista, recorda-se do ano de 2009, momento em que recebeu seu diagnóstico positivo para HIV. O andamento daquele dia inflado de medos, aflições e questionamentos tendo como suporte os dois amigos Natália e Leonardo. Decisões importantes que o levaram a seguir em frente. Baseado em uma história real. Duração: 13 minutos.

Bate-papo Vidas Positivas – Relatos na Literatura

Local: Museu da Diversidade Sexual

Dia e horário: 05/12, quinta-feira, às 19h

Entrada Gratuita

About author

Articles

Relaçoes-Públicas, redator, blogueirx, ativista negro e LGBT+.
Related posts
Comportamento

Lexa, J-LO e Lizzo: shows exclusivos são exibidos até para não assinantes - assista online

Buscando incentivar as pessoas a ficarem em casa, a plataforma global de streaming de música e…
Read more
Comportamento

TikTok lança campanha em parceria com a OMS para prevenção do novo Coronavírus

Campanha global #MãosSeguras tem objetivo de conscientizar população sobre medidas corretas de…
Read more
MúsicaNegritudeSão Paulo

Donna Summer - Musical

Com direção de Miguel Falabella, o grande sucesso da Broadway chega ao Brasil em uma…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.